Dia: 1 de julho de 2020/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



1 de julho de 2020
Esportes

CBF pode iniciar campeonatos das Séries A e B em agosto

Foto: Glauber Guerra/ Bahia Notícias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode retomar os campeonatos das Séries A e B, a partir do dia 8 agosto, e C e D  a partir de setembro. Segundo informações do Bahia Notícias, o empecilho encontrado pela CBF para é pelo fato das Séries C e D envolverem mais estados: enquanto a elite do futebol nacional possui nove e a Segundona 11, a Terceira Divisão conta com 14 e a Quarta tem as 26 unidades da Federação e mais o Distrito Federal. Por isso, a questão de logística é mais complexa. Vale lembrar que a malha área no Brasil ainda não foi normalizada em virtude da pandemia do coronavírus. Caso algum município ainda não esteja liberado pelas autoridades de saúde por conta da pandemia  o clube irá mandar seus jogos em outra praça esportiva dentro do mesmo estado. As competições começarão com portões fechados para a torcida. A possibilidade da Série C começar em setembro não agrada os 20 clubes integrantes da competição. As agremiações querem que a CBF estabeleça o início da competição para o dia 8 de agosto, mesma data em as Séries A e B foram agendadas.


Tags:
1 de julho de 2020
Bahia

Paramirim têm transporte suspenso; total de municípios chega a 348 na Bahia

O transporte intermunicipal será suspenso em Cotegipe, Igaporã, Itaguaçu da Bahia, Paramirim, Remanso, São José do Jacuípe e Wagner, a partir de quinta-feira (2). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta (1º), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.  Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.  O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Ibiquera, Santana, São Domingos e São Gabriel, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.  


1 de julho de 2020
Saúde

Vacina contra Covid-19 pode começar a ser produzida em dezembro no RJ

A expectativa é que em dezembro deste ano  a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) possa começar a produzir a vacina contra a Covid-19. O medicamento está sendo desenvolvida no laboratório de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, em parceria com a Universidade de Oxford. De acordo com informações do G1, após a produção, ainda seriam necessárias etapas de registro e validação, antes de uma possível distribuição, ainda sem data definida. A vacina em produção pela Fiocruz está entre as mais promissoras entre as mais de 140 que estão sendo testadas pelo mundo. O acordo com a universidade foi anunciado no sábado (27) pelo Ministério da Saúde. O acordo prevê a transferência da tecnologia da Universidade de Oxford para a Fiocruz, que vai poder produzir a vacina. No primeiro momento, a Fiocruz vai trabalhar no processo de finalização da vacina. Ou seja, ela vai receber a tecnologia e os insumos para produção das doses. Mas, a ideia é que a instituição passe a dominar todas as cadeias de produção no Brasil. Depois de ser testada em animais, a produção da vacina passa por três fases. Primeiro, ela começa a ser testada em um pequeno grupo até chegar a um grande número de pessoas. Pelo acordo, serão produzidas 30 milhões de doses na Fiocruz. Elas só serão distribuídas e aplicadas se ficar comprovada a eficácia da imunização contra a Covid-19. A prioridade serão os grupos de risco, como idosos e portadores de doenças crônicas, além dos profissionais da Saúde


1 de julho de 2020
Bahia

Mais de 100 mil testes de Covid-19 já foram realizados pelo Lacen-BA

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A Bahia já realizou mais de 100 mil testes de Covid-19, através do Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen-BA), unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A marca mantém a Bahia em segundo lugar nacional no ranking de testagem, ficando atrás apenas de São Paulo, maior capital do País. Os testes estão sendo realizados pela unidade central do Lacen, em Salvador, e também em Porto Seguro, Paulo Afonso, Jequié, Vitória da Conquista, Barreiras e ainda na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na  região de Ilhéus e Itabuna. Segundo o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, os bons resultados são possíveis porque o Lacen Bahia conseguiu se manter trabalhando desde a chegada da pandemia no Brasil. “Não ficamos dependendo apenas dos kits de testagem enviados pelo Ministério da Saúde. A Bahia fez aquisição de equipamentos e insumos com recursos próprios”. Vilas-Boas informou que foram investidos, na nova ala do Lacen que realiza os testes de biologia molecular, mais de R$ 2 milhões, em obras e equipamentos, ampliando a capacidade de 400 para cerca de 2 mil testes por dia. “A nova ala tornou o Lacen o maior laboratório do País em capacidade de realização de exames da Covid-19, e foi idealizada de forma preventiva para o estado, ainda em janeiro, quando a China divulgou o início da pandemia mundial”, explicou o secretário. A diretora-geral do Lacen, Arabela Leal, revelou que foram comprados extratores, pipetadores, amplificadores, termocicladores, insumos, e foi realizada a contratação de pessoal. “Isso proporcionou, em primeiro lugar, a ampliação do número de testes e a velocidade de resposta, além da descentralização dos testes para o interior do estado. Alcançamos, assim, o número de 100 mil testes realizados, ficando em segundo lugar nacional, atrás apenas do estado de São Paulo”.

Casa Nova – Banner


Tags: