• Início
  • ››
  • Notícias
  • ››
  • Ituaçu: Em nota Phellipe Brito diz que devolveu valor de Auxílio emergencial e faz outros esclarecimentos
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04

11 de julho de 2020
Notícias

Ituaçu: Em nota Phellipe Brito diz que devolveu valor de Auxílio emergencial e faz outros esclarecimentos

Confira na íntegra a nota de esclarecimento enviada pelo pré-candidato a prefeito Phelipe Brito, após matéria veiculada pelo Informe Barra no último dia 10 – Fraude no Auxílio Emergencial: Mesmo com vários patrimônios, pré-candidato a prefeito de Ituaçu recebeu o benefício – na ocasião nossa reportagem tentou contato mas não obteve êxito.

“Primando pelo jornalismo sério e pela verdade com os leitores do blog, publicamos na íntegra
os esclarecimentos do pré-candidato a Prefeito de Ituaçu Phellipe Brito sobre matéria divulgada no último dia 10 de julho.

Em primeiro lugar é preciso deixar claro que em nenhum momento Phellipe solicitou em seu nome o cadastro no benefício do Auxílio Emergencial. No entanto, observando que foi creditado em sua conta o valor de R$600,00 no dia 19 de maio, Phellipe entrou imediatamente
em contato com o Ministério da Cidadania solicitando que o seu nome fosse excluído do cadastro, visto que ele não havia solicitado e que não faz parte do grupo de pessoas que precisa e merece receber este tão importante benefício. 

No mesmo dia 19 de maio Phellipe se dirigiu também ao Banco Bradesco onde conversou com o gerente, e em seguida devolveu integralmente o valor de R$600,00 por meio de pagamento
de GRU. O comprovante desta devolução pode ser conferido abaixo.

Suspeitando de que o cadastro feito em seu nome tratava-se de mais uma tentativa inescrupulosa e sorrateira dos seus adversários políticos, Phellipe se dirigiu a uma Delegacia de Polícia onde relatou o ocorrido e solicitou investigação com o intuito de descobrir que seriam os autores do cadastro feitos em seu nome. 

Pela convicção de que havia feito o correto e também por já saber que se tratava de uma estratégia suja dos seus adversários, Phellipe não deu publicidade ao fato e guardou toda a documentação.

No entanto, no último dia 10 de julho, em atitude desesperada, alguns dos seus opositores divulgaram de maneira mentirosa que Phellipe estava entre os beneficiários do Auxílio Emergencial. Esta atitude, além do crime de utilização indevida dos seus dados, configura-se também como tentativa de crime eleitoral.

Por este motivo, Phellipe agendou audiência na Polícia Federal para solicitar que sejam identificados os autores do crime de utilização indevida dos seus dados e também e, por consequência, do crime eleitoral, uma vez que são fortes os indícios de que o ato tenha sido praticado por integrantes do grupo político adversário com o objetivo de prejudicar a imagem
do pré-candidato. 

A verdade está reestabelecida, e em breve e Ituaçu conhecerá quem são os autores desse ato político sujo, desrespeitoso e que em nada combina com a decência e a honradez do povo sério da nossa cidade.” veja abaixo o comprovante de devolução.


Tags: