Moradores de comunidades de Barra da Estiva fazem protestos contra fechamento de escolas » INFORMEBARRA
Mundo Animal Barra venc dia 04 Rural Shop por ano
Farmavip novo Banner Atacadão das Portas Casa Nova banner atual Susy Zanfreta Banner atual com mais tempo de transição
22 fevereiro 2017

Moradores de comunidades de Barra da Estiva fazem protestos contra fechamento de escolas

Alguns moradores estiveram na secretaria fazendo protestos. Foto: Informe Barra

“Defender as escolas do campo é uma obrigação, fechá-las é um CRIME quando há opção” relatam moradores.

Moradores das comunidades de Mateiros, Babilônia e Samambaia têm se manifestado contra o fechamento das unidades escolares Arnóbia Pires Fernandes e Rochael Alves da Silva, pois, segundo eles,  não foram comunicados como reza o parágrafo único do art. 28 da Lei de Diretrizes e Bases que diz:
“Parágrafo único. O fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas será precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino, que considerará a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação, a análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar. (Incluído pela Lei nº 12.960, de 2014)” – Uma vez que as comunidades não foram ouvidas, nem foi realizado estudo ou análise do impacto que poderá ocorrer nas comunidades com o fechamento das unidades escolares.

Para as famílias da zona rural, o fechamento de uma escola em sua comunidade é uma perca irreparável. O que as comunidades questionam é que não têm conhecimento de nenhum parecer da Secretaria Municipal de Educação, justificando o fechamento das referidas escolas sem saber quais os critérios adotados, pois escolas com maior número de alunos foram fechadas e outras com menor numero vão continuar funcionando por serem multisseriadas.
Outra questão que preocupa os pais é: como colocar crianças de 4, 5, 6 anos em viagens diárias de ida e volta? A situação têm causado grande polêmica nas comunidades atingidas




Banner novo da lider
AQUIVO INFORMEBARRA
Todos os direitos reservados à informebarra.com.br