Tag: Agressão/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



16 de outubro de 2020
Bahia

Deam de Ilhéus interroga homem aparece agredindo mulher em vídeo; caso repercutiu em todo país

Reprodução/Twitter

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), de Ilhéus, interrogou, na tarde desta quinta-feira (15), o homem que aparece agredindo uma mulher com socos, em imagens que circularam nos últimos dias. O agressor apresentou-se acompanhado de um advogado, ao saber que estava sendo procurado pela Polícia Civil. A delegada Márcia Rezende, titular da Deam/Ilhéus, começou a apurar as agressões assim que tomou conhecimento do fato. “Tivemos acesso ao vídeo e identificamos o autor, que começou a ser procurado imediatamente”, ressaltou, acrescentando que um boletim de ocorrência foi aberto, mesmo sem o comparecimento prévio da vítima, por se tratar de ação penal pública incondicionada. Policiais da Deam/Ilhéus realizaram diligências durante toda manhã de hoje (15) e a vítima foi localizada e ouvida. De acordo com as informações levantadas durante a apuração, o crime foi filmado em junho deste ano. O investigado já foi alvo de outros três inquéritos por violência doméstica, procedimentos já finalizados e remetidos à Justiça, em 2015 e 2016. Outros sete boletins foram registrados na unidade, porém as investigações não puderam avançar, visto que as vítimas não quiseram ir adiante e se recusavam a comparecer para dar informações sobre os episódios de violência. A delegada esclarece que numa das ocasiões, o homem chegou a ser preso em flagrante por agredir a mãe, tendo sido liberado em seguida pela Justiça. Após ser ouvido na tarde de hoje pelo delegado Evy Paternostro, coordenador da Coorpin de Ilhéus, o agressor foi liberado por não ter havido flagrante, mas teve sua prisão solicitada à Justiça.


Tags:
9 de novembro de 2018
Chapada Diamantina

Itaetê: Conselheira tutelar é investigada por agredir adolescente de 16 anos com alicate

Foto: Whatsapp Informe Barra

Uma conselheira tutelar é investigada por agredir com um alicate, na quarta-feira (7), uma adolescente de 16 anos, na cidade de Itaeté, na Chapada Diamantina. Conforme informações da Polícia Civil, a agressão aconteceu após um desentendimento entre a vítima e a filha da conselheira.

Segundo a polícia, as duas garotas discutiram na escola, que fica no centro da cidade. Após o desentendimento, a suspeita, identificada como Joelma de Carquejo, foi até a casa da adolescente para tirar satisfação com os pais da garota, quando começou uma discussão.

De acordo com a Polícia Civil, a garota contou em depoimento ocorrido nesta quinta-feira (8) que a conselheira e a filha dela a agrediram com um alicate na região do rosto. A jovem passou por exames de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML) de Itaberaba.

A Conselheira negou a agressão e disse que segurava um alicate de seu genro enquanto aguardava do lado de fora da casa. Ainda segundo ela, quando os pais da garota chegaram, foi recebida com truculência e foi agredida, momento em que houve correria, e o alicate acabou caindo no chão, sendo usado pela vítima para acusa-la.

Informe Publicitário


4 de outubro de 2018
Chapada Diamantina

Bandidos disparam tiros, agridem aluno e põem terror em escola no município de Iramaia; veja o vídeo

Foto: Blog Chapada

Cerca de 40 pessoas, entre alunos e funcionários, vivenciaram momento de terror na noite de ontem (03), no município de Iramaia.
De acordo com informações obtidas pelo Blog Chapada, a Escola Municipal Emílio Garraspazu Médic, localizada no povoado Sincorá da Serra, foi alvo de pelo menos seis criminosos, os quais, chegaram de moto fazendo “arruaça’ e querendo invadir a unidade escolar.
Diversos tiros foram disparados, deixando todos os alunos e funcionários em pânico, alguns chegaram a desmaiar. Após conseguirem quebrar o portão e entrar; fortemente armados e ameaçando a todos, os bandidos destruíram tudo dentro da escola e ainda agrediu um aluno que tentou proteger a colega.

A casa da diretora que fica próximo ao local também foi alvejada por tiros, a  ação teria sido planejada por José Carlos, o qual residia próximo e estaria se vingando, pois o mesmo havia feito um “gato”, passando a usar a energia da unidade escolar em sua casa, que após ter sido descoberto foi interrompido pela direção.

A Polícia de Barra da Estiva e Iramaia foram acionadas, mas, antes de serem pegos em flagrante, os criminosos  conseguiram evadir, deixando um rastro de destruição e terror para trás.

Um barraestivense, de prenome Sílvio também estava presente, os demais foram identificados por testemunhas como sendo: Leonardo Novaes, Sandro Moreira . Os outros não foram identificados.
Até o fechamento desta matéria nenhum dos envolvidos havia sido preso, a polícia continua investigando e fazendo buscas no intuito realizar a prisão e colocá-los  à disposição da justiça. Veja o vídeo

 


Tags: