Tag: Eleições 2020/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



25 de novembro de 2020
Bahia

2º turno eleições: Feira de Santana e Vitória da Conquista contarão com 3 mil policiais e bombeiros

O esquema de segurança para o 2° turno das eleições municipais, nas cidades de Feira de Santana e Vitória da Conquista, foi definido nesta terça-feira (24), durante reunião na Secretaria da Segurança Pública. Cerca de três mil policiais e bombeiros atuarão para combater crimes eleitorais e garantir o direito de voto. Helicópteros, drones, viaturas quatro e duas rodas, além do reforço nas Delegacias serão empregados nos dois municípios. Ações preventivas começam a ser realizadas, na tarde desta terça-feira. O coronel Luziel Andrade, comandante do CPR Leste, informou que utilizará drones, assim como no primeiro turno, na segunda maior cidade da Bahia. “Além do recurso tecnológico, contaremos com o apoio de unidades especializas, em Feira de Santana”, acrescentou o oficial. O titular do CPR Sudoeste, coronel Ivanildo da Silva, por sua vez, afirmou que os locais com maiores aglomerações, no 1° turno, contarão com reforço. “Atuaremos com firmeza também nas zonas rurais”, completou o militar.


18 de novembro de 2020
Brasil

Eleitor tem até 60 dias para justificar ausência nas eleições

Quem não compareceu às seções eleitorais neste domingo (15), dia do primeiro turno das Eleições Municipais de 2020, tem até 60 dias para justificar a ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, é preciso levar documentação que comprove por que não foi possível participar do pleito. A justificativa pode ser feita pelo aplicativo e-Título; pelo Sistema Justifica, acessível via internet; ou ainda entregando um Requerimento de Justificativa do Eleitor em qualquer zona eleitoral, sempre acompanhado do documento que comprove a ausência. É possível ainda enviar o requerimento por via postal ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito. Para saber a zona eleitoral à qual está vinculado, o eleitor deve entrar em contato com o Tribunal Regional Eleitoral do seu estado ou fazer a consulta no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso o eleitor não compareça no segundo turno, nas cidades onde houver, marcado para o dia 29 deste mês, ele terá até o dia 28 de janeiro para estar quite com a Justiça Eleitoral.

Casa Nova – Banner


17 de novembro de 2020
Bahia

Ibicoara: Haroldo Aguiar agradece população pela votação

Por meio de publicação nas redes sócias, Haroldo Aguiar agradeceu a população de Ibicoara pela votação e desejou sucesso ao novo gestor. “Obrigado à todos pela confiança em ter votado em Haroldo e Juninho. Tenho minha consciência tranquila de dever comprido. Eu, como filho de Ibicoara desejo sucesso ao novo gestor, e que ele seja um gestor voltado como eu fui às pessoas mais carentes, que a grande obra dele seja uma saúde digna que o povo merece, que tenha uma segurança pública que o povo merece, que tenha compromisso com o povo de Ibicoara que foi seu grande discurso, já que, eu no entender de algumas pessoas falhei, em fim desejo muito sucesso à nova gestão e que o povo não pague o preço, principalmente os mais necessitados! Só tenho à agradecer primeiramente à Deus, minha família em especial “Keu e Vítor” sempre ao meu lado, obrigado Ibicoara em geral, espero e torço que vocês  tenham acertados na escolha do novo governante, mesmo já  sabendo o que vem, Boa sorte à todos.  #Hétch #Hépop #HéTudo Nunca mudarei esse slogan”, escreveu Haroldo Aguiar.


16 de novembro de 2020
Barra da Estiva

Prefeito reeleito de Barra da Estiva, João de Didi, vence o candidato do deputado Marquinho Viana com a maior frente da História

Informe Barra

Em Barra da Estiva o atual prefeito, João de Didi, foi reeleito com uma das maiores frentes de votos da história do município. O Ex- vereador ALessandro Santos Pereiro “Bico”, que tinha como vice a ex-prefeita Dona Lúcia, que tiveram como apoiadores o Deputado Estadual Marquinho Viana, foram derrotados com uma diferença expressiva. O atual prefeito teve 9.288 (57,15%), quanto que Bico teve 6.572 (40,44%). O ex-prefeito Dinho que também concorreu teve 393 (2,42%) votos.

Resultado Final – Eleições 2020 – Barra da Estiva

Prefeito:
João de Didi – a 9.288 (Eleito)
Bico – 6.572
Dinho – 393

Eleitores Aptos a votar – 19.844
Eleitores que votaram – 16.949 (85,41%)
Abstenção – 2.895 (14,51%)
Votos válidos – 16.253
Votos nulos – 481
Votos em branco – 215

Frente final: 2.716 votos


13 de novembro de 2020
Bahia

MP recomenda normas sanitárias para dia da votação em Barra da Estiva, Ibicoara e Iramaia

Foto: Reprodução

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de Justiça Mari Salete Jued Moysés, recomendou a adoção de uma série de normas sanitárias para o dia da votação nos municípios de Barra da Estiva, Ibicoara e Iramaia, que integram a 169ª Zona Eleitoral. Voltadas aos eleitores, mesários e fiscais de partidos, as recomendações levam em conta as orientações nacionais e internacionais de combate à pandemia de Covid-19. A todos os presentes no dia da votação, o MP recomenda a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção, cobrindo boca e nariz, podendo o mesário ou o juiz eleitoral impedir que pessoas sem máscara votem. A promotora recomenda ainda que, no dia do pleito, até o término do horário da votação, seja vedada a aglomeração de pessoas com roupas ou materiais de propaganda eleitoral que caracterizem manifestação coletiva. Os locais de votação devem dispor de álccol gel, para que os eleitores limpem as mãos antes e depois de votar, não sendo permitida no local de votação alimentação, ingestão de bebidas ou qualquer outra atividade que exija a retirada das máscaras. Todos os presentes devem guardar entre si uma distância mínima de um metro. A recomendação orienta os eleitores a, no dia do voto, levarem sua própria caneta e manifestarem suas preferências por partidos, candidatos ou coligações somente de forma individual e silenciosa, pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos. Deve ser dada preferência apenas aos casos previstos em lei, como integrantes da Justiça eleitoral em serviço, idosos com mais de 80 anos e, das 7h às 10h, eleitores com 60 anos ou mais. O MP recomenda que não seja permitida aglomeração de fiscais nos arredores  das seções eleitorais e dos locais de votação. Para isso, orienta que apenas dois fiscais fiquem ao mesmo tempo numa mesa da seção eleitoral, cabendo a organização do revezamento entre integrantes de partidos e agremiações ao presidente da mesa da seção. Cada partido deverá nomear até dois delegados por município ou zona eleitoral e até dois fiscais por cada mesa. Nos crachás de fiscais de partidos e coligações devem constar apenas o seu nome, o do partido político e a sigla do partido ou da coligação, sem referência que possa ser interpretada como propaganda.


12 de novembro de 2020
Bahia

Eleições 2020: TRE-BA autoriza carreatas com até 60 veículos

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) resolveu, através de ato que será publicado na edição do Diário Oficial de quinta-feira (12), flexibilizar as normas impostas contra atos políticos durante a campanha das eleições deste ano. Agora, estão permitidas carreatas com, no máximo, 60 veículos e três pessoas por transporte. De acordo com informações do BNews, a distribuição de material gráfico poderá ser feita nas residências e comitês. Na terça-feira (10), o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, havia anunciado em coletiva de imprensa a suspensão dos atos presenciais de campanha política a partir desta quarta em todo o estado. De acordo com o desembargador, a motivação para a medida foi a quantidade de situações ocorridas que potencializam a proliferação do novo coronavírus.  Após o anúncio do presidente do TRE-BA, políticos em campanha se posicionaram contrários à decisão. Presidentes dos diretórios e comitês municipais do Partido dos Trabalhadores (PT) , Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Rede de Sustentabilidade (Rede), Podemos e Partido Progressita (PP), emitiram um comunicado criticando a decisão.


12 de novembro de 2020
Bahia

Polícia Miliar reforça segurança durante eleições com 17 mil policiais

Foto: Ibsen Santos/GOVBA

Em cumprimento a competência constitucional, a Polícia Militar da Bahia (PMBA) desenvolverá ações específicas do policiamento ostensivo durante e após a realização do pleito eleitoral neste domingo (15), com objetivo de assegurar as necessidades da segurança pública em apoio à Justiça Eleitoral. No total, serão empregados 17 mil policiais militares em toda Bahia. Entre as principais ações sob coordenação do Comando de Operações Policiais Militares (Coppm), por meio dos Comandos de Policiamento Regionais e Especializado, haverá a intensificação e emprego de policiamento a 100 metros das seções eleitorais, conforme previsão do Código Eleitoral Brasileiro (CEB), patrulhamento no entorno dos locais de votação e estações de transbordo, escolta de urnas no encaminhamento e recolhimento, guarda dos locais de apuração e de transmissão de dados. A PM também atua em apoio ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no combate à propaganda eleitoral irregular.

Banner Publicitário


11 de novembro de 2020
Bahia

TRE-BA disponibiliza cartilha sobre fiscalização no dia das eleições

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), por meio de sua Corregedoria, disponibiliza a cartilha “Fiscalização no dia da Eleição”.  Conforme a legislação, os partidos políticos e coligações, que concorrem às eleições, poderão exercer a fiscalização, no dia do pleito, nas seções eleitorais, na junta apuradora e no transporte de eleitores. O documento – atualizado no último domingo (8/11), de acordo com a Resolução do TSE nº 23.611/2019 e a Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições) – traz instruções sobre a indicação e identificação dos fiscais e delegados. Sobre este tema, a cartilha informa que partidos e coligações deverão comunicar à Justiça eleitoral, até o dia 13 de novembro (para o 1º turno) e 27 de novembro (para o 2º turno), o nome das pessoas autorizadas a expedir e assinar as credenciais dos fiscais e delegados. Para minimizar o risco de transmissão da Covid-19, os partidos políticos e coligações deverão se atentar às recomendações sanitárias como a utilização obrigatória de máscaras, limpeza das mãos com álcool gel, distanciamento social, utilização de canetas próprias e proibição de alimentação ou qualquer outra atividade que exija a retirada da máscara. A cartilha também orienta que delegados, candidatos e fiscais façam revezamento nas atividades de fiscalização nas seções eleitorais, evitando aglomerações. Os fiscais e delegados de partidos e coligações poderão acompanhar qualquer material referente à votação, do início ao encerramento dos trabalhos eleitorais. A Justiça Eleitoral disponibiliza aplicativos gratuitos que podem ser baixados nas lojas App Store e Google Play, em que qualquer eleitor, inclusive o fiscal, pode obter o resultado da votação na urna, com a leitura do QR Code impresso no boletim da seção eleitoral.

Banner Publicitário


11 de novembro de 2020
Bahia

Eleições 2020: TRE-BA proíbe atos de campanhas presenciais em todo o estado

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-Ba) proibiu, em todos os 417 municípios baianos, atos de campanha presenciais que violem as normas sanitárias para as Eleições 2020. A nova medida foi apresentada pelo presidente do órgão, desembargador Jatahy Júnior, durante coletiva de imprensa, realizada nesta terça-feira (10/11). A suspensão está prevista na Resolução Administrativa Nº 38/2020, que regulamenta o exercício do poder de polícia dos juízes eleitorais. Conforme o normativo, estão vedados comícios, passeatas, bandeiraços, caminhadas, bicicleatas, cavalgadas, motoatas, carreatas e similares. Também está impedida a distribuição de panfletos, folhetos, adesivos e outros materiais de campanha. De acordo com o presidente do TRE-BA, alguns desses eventos fazem com que as pessoas desrespeitem as normas sanitárias. Pela Resolução, o candidato, partido ou coligação que descumprirem tais medidas estarão sujeitos à sanção prevista no art. 36, § 3º da Lei nº. 9.504/97 (Lei das Eleições), que é de multa no valor de R$ 5 a R$ 25 mil ou equivalente ao custo da propaganda, se este for maior. A nova medida foi tomada devido o número de casos ligados à concentração de pessoas em atos de campanha eleitoral no Estado. “Constatamos que em pouco tempo, mais de mil denúncias foram realizadas e cerca de 140 decisões foram emitidas para inibir ou fazer cessar esses atos de aglomerações que afrontam as normas sanitárias. Diante desses números, resolvemos baixar a resolução suspendendo todo ato presencial de campanha, tudo isso para preservar o bem maior que é a saúde e a vida”, afirmou.


10 de novembro de 2020
Bahia

TRE-BA orienta que eleitor leve “cola” para diminuir tempo de votação

No dia 15 de novembro, data em que o eleitor vai digitar os números dos seus candidatos a prefeito e vereador nas urnas, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), com a intenção de reduzir o tempo de votação, evitando possíveis aglomerações no dia do pleito, orienta aos cidadãos levar anotados os números de seus candidatos – a “cola eleitoral”. Recomendação visa cumprir distanciamento social por conta da pandemia de Covid – 19. Além de usar máscara, cada eleitor deve levar sua própria caneta para assinar o caderno de votação. Durante a votação, para preservar o sigilo do voto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proíbe a utilização de telefone celular, tablets, rádio comunicadores, câmeras e quaisquer outros aparelhos eletrônicos dentro da cabine de votação. É permitindo apenas consultar anotações feitas em papel. A proibição está prevista no art. 88, da Resolução n.º 23.399. Além da “cola”, o Regional baiano orienta que, antes de sair de casa para votar, o eleitor deve verificar o seu local de votação, pois algumas seções eleitorais foram alteradas. A consulta pode ser feita por meio do aplicativo e-Título, no Google Play ou na App Store, na opção “onde votar”. Neste ano, o tempo de votação foi ampliado em uma hora e começará mais cedo: das 7h às 17h. Das 7h às 10h, o horário será preferencial para maiores de 60 anos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e pessoas que fazem parte do grupo de risco para o coronavírus. Mesmo com o horário prioritário, os eleitores que não fazem parte deste grupo também poderão votar. Apesar de o horário ser preferencial, ele não será exclusivo. 

Casa Nova – Banner