Tag: Energia/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



4 de agosto de 2020
Brasil

Energia elétrica volta a ser cortada por atraso na conta

Foto: Clóvis Miranda/DPE

Ap√≥s mais de quatro meses de proibi√ß√£o devido √† pandemia do novo coronav√≠rus, a energia el√©trica dos consumidores inadimplentes pode voltar a ser cortada desde essa segunda-feira (03). De acordo com informa√ß√Ķes do R7, como o prazo final para a isen√ß√£o ocorreu no √ļltimo s√°bado (1¬ļ), os cortes s√≥ est√£o autorizados a acontecer desde a segunda porque o desligamento de servi√ßos p√ļblicos n√£o pode acontecer nas sextas-feiras, s√°bados, domingos e feriados. A decis√£o da Aneel tamb√©m autorizou que as distribuidoras cobrem uma taxa de religa√ß√£o ap√≥s o pagamento das contas em atraso. As fam√≠lias de baixa renda seguir√£o com o fornecimento mantido mesmo sem o pagamento das pend√™ncias. A chamada Tarifa Social deve beneficiar cerca de 9,5 milh√Ķes de fam√≠lias at√© o final de 2020. O Decreto Legislativo n¬ļ 6/2020 tamb√©m mant√©m o impedimento de cortes para resid√™ncias com dependa de equipamentos el√©tricos essenciais √† preserva√ß√£o da vida e que deixaram de receber a fatura impressa sem autoriza√ß√£o do consumidor. As interrup√ß√Ķes da energia el√©trica tamb√©m n√£o ocorrer√£o em regi√Ķes sem postos de arrecada√ß√£o, como bancos e lot√©ricas, em funcionamento ou naqueles locais onde a circula√ß√£o de pessoas seja restringida por ato do poder p√ļblico.


Tags:
25 de julho de 2020
Notícias

Famílias de baixa renda não podem ter energia cortada até o fim do ano

Foto: Agência Brasil

As fam√≠lias de baixa renda n√£o poder√£o sofrer corte de energia el√©trica at√© o fim do ano por falta de pagamento. A medida, que j√° estava em vigor e valia at√© o fim de julho foi prorrogada pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (Aneel). A ideia √© proteger as fam√≠lias que mais precisam, como explicou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. ‚ÄúNo setor de Energia El√©trica, vislumbramos que nossa prioridade deveria estar centrada na redu√ß√£o da press√£o sobre os consumidores de baixa renda‚ÄĚ. Para a diarista, Luzia Ferreira de Lima, que vive em Itapo√£ (DF), a medida veio em boa hora j√° que, segundo ela, com a pandemia muita gente est√° sem emprego. ‚ÄúAchei muito bom. J√° √© uma conta a menos para a gente voltar a pagar‚ÄĚ, disse. A medida tamb√©m vale para unidades onde more pessoa que dependa de equipamentos el√©tricos essenciais √† preserva√ß√£o da vida; pessoas que deixaram de receber a fatura impressa sem autoriza√ß√£o do consumidor; e locais sem postos de arrecada√ß√£o em funcionamento ou nos quais a circula√ß√£o de pessoas seja restringida por ato do poder p√ļblico. Quem n√£o se enquadra nesses requisitos pode ter a energia cortada por inadimpl√™ncia a partir de agosto. Mas de acordo com a Aneel, a distribuidora deve enviar ao consumidor nova notifica√ß√£o sobre exist√™ncia de pagamentos pendentes, ainda que j√° tenha encaminhado em per√≠odo anterior para o mesmo d√©bito. Al√©m disso, √© proibido efetuar cortes por falta de pagamento √†s sextas, aos s√°bados, domingos, feriados e dias que antecedem feriados. Ainda segundo o ministro Bento Albuquerque, o governo trabalha tanto para proteger quem n√£o tem condi√ß√Ķes de pagar a conta de luz nesse momento como tamb√©m para garantir a retomada do setor. ‚ÄúAs condi√ß√Ķes est√£o voltando para a normalidade e n√≥s temos que priorizar as nossas a√ß√Ķes naquilo que √© o mais importante, principalmente, para que os consumidores n√£o tenham impacto nas tarifas que poder√£o representar n√£o s√≥ a inadimpl√™ncia, mas tamb√©m impactos na pr√≥pria retomada da atividade econ√īmica‚ÄĚ.


Tags:
18 de junho de 2020
Notícias

Corte de energia elétrica está proibido até 31 de julho

A Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (Aneel) prorrogou at√© 31 de julho a resolu√ß√£o 878 que pro√≠be o corte de fornecimento de energia el√©trica de quem n√£o conseguiu pagar a conta de luz durante o per√≠odo da pandemia do novo coronav√≠rus. O objetivo √© garantir a seguran√ßa na distribui√ß√£o de energia por conta da pandemia.¬† A resolu√ß√£o, aprovada em 24 de mar√ßo, venceria em 23 de junho.¬†¬† A medida vale para resid√™ncias urbanas e rurais, incluindo baixa renda, e tamb√©m locais onde funcionam servi√ßos e atividades consideradas essenciais, como unidades hospitalares e centros de hemodi√°lise. At√© dia 31 de julho, segundo a Aneel, tamb√©m est√° suspenso o atendimento presencial ao p√ļblico. Nesse per√≠odo, a Ag√™ncia vai priorizar o atendimento telef√īnico das solicita√ß√Ķes de urg√™ncia e emerg√™ncia e intensificar o uso dos meios autom√°ticos de atendimento. A medida √© para preservar a sa√ļde dos trabalhadores e da popula√ß√£o. A Aneel tamb√©m suspendeu at√© o final de julho os prazos para solicita√ß√£o de ressarcimentos por danos em equipamentos; e a entrega da fatura mensal impressa aos consumidores. As faturas ou c√≥digo de barras ser√£o enviadas por meio de canais eletr√īnicos. A Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica abriu consulta p√ļblica, por 15 dias, para debater com a sociedade como ser√° realizada, de modo gradual, a volta da possibilidade de corte do fornecimento de inadimplentes a partir de primeiro de agosto.

Casa Nova – Banner


Tags:
20 de maio de 2020
Bahia

Conta de luz na Bahia pode ser paga com cartão do auxílio emergencial

Foto: Cultura&Realidade

Atrav√©s do Cart√£o Virtual da Caixa Econ√īmica Federal, os benefici√°rios baianos¬† do aux√≠lio emergencial do governo federal poder√£o, a partir desta ter√ßa-feira (19), pagar a conta de energia. De acordo com informa√ß√Ķes do G1, os benefici√°rios poder√£o pagar contas do m√™s vigente e tamb√©m quitar d√≠vidas anteriores. O pagamento √© feito pelo site da Coelba. No site, o cliente dever√° fazer login, selecionar as faturas que ser√£o pagas e informar o n√ļmero do cart√£o virtual de d√©bito emitido por meio do aplicativo Caixa. Em seguida, √© preciso selecionar a modalidade ‘d√©bito’ para realiza√ß√£o do pagamento – Pagamento com Cart√£o Virtual Caixa Elo – Benef√≠cio Emergencial. O processo √© finalizado com emiss√£o de um comprovante de pagamento. O cart√£o de d√©bito virtual √© disponibilizado gratuitamente aos correntistas da Caixa, emitido por meio do Internet Banking ou do aplicativo Caixa. D√ļvidas sobre o funcionamento do cart√£o virtual da Caixa Econ√īmica pode encontrar mais detalhes nos perfis oficiais do banco e por meio do site. A iniciativa tamb√©m beneficia clientes baixa renda cadastrados na Tarifa Social que ultrapassem 220 kwh, limite de isen√ß√£o da tarifa estabelecido pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (Aneel).


26 de novembro de 2019
Economia

Setor el√©trico requer investimentos de R$ 450 bilh√Ķes, diz ministro

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse ontem (25), no Rio de Janeiro, que o setor el√©trico brasileiro vai demandar investimentos de cerca de R$ 450 bilh√Ķes at√© 2029 em novas plantas de gera√ß√£o e transmiss√£o de energia.

Segundo ele, os investimentos são necessários, pois o crescimento estimado em geração energética é de 35% e, em transmissão, de 39%. (AB)


25 de setembro de 2019
Ituaçu

Energia elétrica será implantada na saída da Gruta da Mangabeira em Ituaçu

Após o pedido do prefeito de Ituaçu, Adalberto Luz e do deputado Zé Rocha, para implantação da energia elétrica na saída da Gruta da Mangabeira, uma visita do técnico da Coelba para elaboração do projeto foi feita nesta quarta-feira (25).
A solicitação do prefeito e do deputado ocorreu através do Programa Luz para Todos.

A Gruta da Mangabeira fica situada no povoado da Vereda/Terra Vernelha, local de visitação turística com cerca de 200 mil pessoas durante o ano.


13 de maio de 2019
Chapada Diamantina

Aumento nas contas de energia deixa em alerta os consumidores

Neste mês de maio as contas de energia estão chegando com aumento de 6,22% e com cobrança da bandeira amarela. Os aumentos constantes têm afligido os consumidores, sejam eles residenciais ou empresariais, que lutam para manter seus orçamentos equilibrados. O alto custo mensal com as faturas são um dos fatores que tem levado muitos consumidores a pensar em produzir sua própria energia, mas muitos deles não sabem como fazer para iniciar sua pesquisa ou acreditam ser inviável financeiramente.

Com a populariza√ß√£o dos sistemas de gera√ß√£o de eletricidade solar, o custo deste servi√ßo caiu consideravelmente, tornando-o muito acess√≠vel √† popula√ß√£o, bem como as linhas de cr√©dito tem se expandido de modo a possibilitar a aquisi√ß√£o do sistema em presta√ß√Ķes suaves, em alguns casos semelhantes aos valores da antiga conta de luz. O sistema de gera√ß√£o de energia solar conectado √† rede consiste na instala√ß√£o de placas que absorvem a energia solar em energia el√©trica com caracter√≠sticas semelhantes a da concession√°ria, possibilitando a utiliza√ß√£o em todos os equipamentos do im√≥vel e enviando excedente √† rede da Coelba para serem descontados da sua conta de luz.

Veja aqui o passo a passo para produzir sua própria energia pagando apenas a taxa de manutenção a Coelba.

  • Entre em contato com uma empresa especializada

Forneça sua conta de energia para dimensionar o sistema ideal para sua necessidade. Esse serviço não tem custo e te dará uma boa noção preliminar.

  • Se informe sobre as formas de pagamento e financiamento.

De posse do seu orçamento, poderá consultar as linhas específicas disponíveis para seu perfil, seja ele pessoa física ou jurídica. Hoje existem no mercado diversos financiamentos específicos para energias renováveis disponíveis que podem ser contratos diretamente com a empresa especializada, com bancos oficiais ou banco do seu relacionamento. As taxas de juros estão atrativas e é possível pagar pelo sistema com a economia gerada na sua conta, com até 100% de financiamento.

Continue lendo…


Tags:
12 de fevereiro de 2019
Bahia

Clientes com faturas de energia vencidas podem parcelar dívida no cartão de crédito; saiba como

Conta de Luz mais barata

Clientes com duas ou mais faturas de energia vencidas na Bahia podem parcelar a dívida junto à Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba) em até 12 vezes no cartão de crédito. A concessionária informou que, entre os meses de dezembro de 2018 e janeiro deste ano, identificou um aumento superior a 30% na procura pela modalidade de quitação.

O pagamento pode ser efetuado por meio do site da empresa (www.coelba.com.br).

Continue lendo…


Tags: