Tag: Feminicídio/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04
Casa Nova banner atual



24 de setembro de 2020
Bahia

Feminicídio tem redução de 85,7% no mês de agosto

Foto: Alberto Maraux

O crime de feminicídio registrou queda de 85,7%, no mês de agosto de 2020, comparando com o mesmo período do ano passado. Nenhum caso foi registrado em Salvador e nas 13 cidades da RMS. Um caso foi registrado no interior do Estado. Em 2019, no oitavo mês do ano, a polícia havia contabilizado sete ocorrências contra mulheres. Dos sete casos que aconteceram no mês de agosto de 2019, seis foram em cidades do interior e um caso ocorreu na capital baiana. Na Região Metropolitana de Salvador não houve registros nos dois períodos. “É um trabalho muito difícil, mas que desempenhamos com total dedicação. Assim que sabemos da situação vulnerável da mulher, aproximamos e iniciamos um acompanhamento. Não podemos atuar dentro dos lares, educando aqueles que imaginam a mulher como objeto, mas seguiremos repreendendo essas práticas machistas”, declarou a comandante da Operação Ronda Maria da Penha de Lauro de Freitas, tenente Luana Queiroz Braga.

Banner Publicitário


7 de julho de 2020
Bahia

Feminicídios têm redução de 60% no mês de junho na Bahia

Foto: Alberto Maraux

Os feminicídios, no mês de junho deste ano, tiveram redução de 150%, na Bahia. Foram seis casos, no último mês, contra 15 contabilizados em maio. A Região Metropolitana de Salvador (RMS), composta de 13 cidades, não teve registro. Na capital ocorreram duas mortes em junho, contra três no mês anterior. Nas cidades do interior aconteceram quatro casos, contra 12 em maio. Na Bahia, as mulheres contam os serviços da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP), especialmente para aquelas com medidas protetivas, e das Delegacias e Núcleos Especiais de Atendimento à Mulher (Deams e Neams).  Qualquer denúncia de violência doméstica pode ser realizada através do telefone 190. A viatura mais próxima do local será acionada imediatamente.


28 de maio de 2019
Bahia

Operação que busca por foragidos por homicídio e feminicídio cumpre mais de 200 mandados de prisão na Bahia

Foto: Divulgação

Uma megaoperação para prender foragidos da Justiça acusados de crimes graves, como homicídio e feminicídio, cumpre 222 mandados na Bahia, nesta terça-feira (28).

Até as 12h, Polícia Civil não havia divulgado quantas pessoas foram presas na Bahia. Esta é a segunda fase da Operação Cronos, coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC).

Na primeira fase da operação, desencadeada em agosto do ano passado, mais de mil pessoas foram presas em todo o país e 75 adolescentes foram apreendidos. A ação contou com aproximadamente 6,6 mil policiais civis.

A operação surgiu após uma reunião do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, em julho do ano passado. Ela foi batizada com o nome do deus grego Cronos, que comanda o tempo. Segundo as autoridades, a escolha faz referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime.


18 de abril de 2019
Barra da Estiva

Jovem baleado durante feminicídio em Barra da Estiva não resiste e morre

Jovem não resistiu aos ferimentos.

O jovem de 19 anos, Iranildo Ribeiro Santos, não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do Hospital de Vitória da Conquista, para onde estava sendo transferido. Ele foi baleado nesta quinta-feira (18), por Edvan Santos, o qual matou a ex-esposa, Itamara Santos Caires (veja a matéria), o crime aconteceu no Povoado de Cachoeirinha, município de Barra da Estiva. Iranildo foi baleado na cabeça, no tórax e braço. Maria Santana, que também foi baleada na cabeça, segue no hospital, seu estado de saúde não foi divulgado.