Tag: Gás Natural/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



13 de janeiro de 2020
Economia

Bahiagás reduz tarifa do gás natural

Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) informa que, desde o dia 1º de janeiro de 2020, reduziu em 8,15% (média de todos os segmentos) o valor das tarifas do gás natural. O reajuste é decorrente do novo regramento de preços definido no mais recente contrato de suprimento de gás natural firmado entre a Bahiagás e a Petrobras.

Em novembro, a companhia já havia realizado um decréscimo no valor das tarifas do gás natural, no percentual de 4,36%. O segmento Automotivo – Gás Natural Veicular (GNV) – sofreu redução de 7,12%. O decréscimo consolida a vantagem do GNV em relação aos combustíveis líquidos concorrentes.

A Bahiagás salienta que o reajuste da tarifa de GNV é aplicado sobre o valor do energético comercializado pela concessionária aos postos de combustíveis e que cada um deles é livre para definir o preço que praticará aos seus respectivos consumidores, não tendo a companhia, portanto, ingerência sobre a definição de tal valor. 

A concessionária também destaca que o gás natural é um energético que proporciona uma série de vantagens aos usuários. É mais prático, seguro, econômico e ambientalmente mais correto. Além disso, trata-se de um combustível versátil, que pode ser usado de diferentes formas em variados segmentos.

 


28 de novembro de 2018
Notícias

Produção de petróleo e gás natural cresce 8%, anuncia a Petrobras

Foto: Divulgação

A produção da Petrobras e parceiros atingiu, em outubro, 3,34 milhões de barris de óleo equivalente por dia (petróleo e gás natural), o que significa um crescimento de 8% em relação a setembro. Deste total, 3,18 milhões de barris foram extraídos em campos nacionais.

As informações foram divulgadas pela Petrobras, que atribuiu o aumento da produção à entrada em operação da FPSO P-69 (unidade flutuante de produção, estocagem e transferência de petróleo e gás natural), no módulo Extremo Sul do campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos.

A P-69 é uma das quatro plataformas que a Petrobras pretende colocar em operação ainda este ano no pré-sal da Bacia de Santos. Todas as unidades são da própria empresa e juntas vão adicionar 600 mil barris por dia de capacidade de produção de petróleo ao país.