Tag: operação/
-------- PUBLICIDADE --------

Nenhum banner cadastrado no momento

ALBA JULHO
Casa Nova banner atual



12 de fevereiro de 2021
Bahia

PF deflagra operação contra fraudes e desvio de verbas em Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Palmas de Monte Alto

Foto: Divulgação Polícia Federal

Na manhã desta quinta-feira (11),a Polícia Federal cumpriu mandado de prisão preventiva e outros 12 de busca e apreensão, em uma operação contra fraudes em licitações e desvio de verbas públicas. De acordo com informações do G1, Os crimes aconteceram na cidade de Palmas de Monte Alto. De acordo com as informações, a prefeitura estava favorecendo essa empresa, nos processos de construção de Unidades Básicas de Saúde, quadras esportivas e uma praça. A PF analisou que essa empresa foi a única participante das licitações, e venceu contratos que totalizam R$ 3.153.924. Ainda segundo a PF, esses mais de R$ 3 milhões foram pagos com recursos federais do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O direcionamento das licitações era definido pelos gestores municipais e seus emissários. Além disso, os acordos das fraudes eram feitos com os próprios empresários beneficiados em reuniões antes dos resultados das licitações. A PF não detalhou nomes e cargos desses gestores municipais. Além do mandado de prisão em Palmas de Monte Alto, os mandados de busca também estão sendo cumpridos nos municípios de Sítio do Mato, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Pindaí e Sebastião Laranjeiras. De acordo com a Polícia Federal, as investigações começaram em meados de 2019, quando surgiram informações sobre irregularidades nos processos de tomadas de preços feitos pela prefeitura do município.


18 de dezembro de 2020
Bahia

PRF na Bahia inicia ações da Operação Rodovida 2020/2021 com foco na redução da violência no trânsito

Foto: Divulgação PRF-BA

O período que compreende as festas de Natal, Ano Novo e Carnaval é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos e a estratégia da PRF é garantir aos usuários a segurança viária, o conforto e a fluidez do trânsito. “Integrar para proteger vidas” –  Essa é a proposta da Operação Rodovida 2020/2021 capitaneada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública por intermédio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação teve início nesta quinta-feira (17) e segue até o dia 21 de fevereiro nas rodovias federais da Bahia e de todo o país. A operação tem como premissa básica a integração entre os diversos órgãos públicos da União, Estados e Municípios com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes. A ideia é sensibilizar cada um dos atores do trânsito a respeito do seu papel, das suas obrigações e os cuidados necessários para proteger a vida. Estão previstas ações temáticas sobre as principais causas de acidentes graves, bem como ações de educação para o trânsito, que promovam a criação de um sentimento de empatia pelos demais usuários da rodovia. Durante o período da operação, a PRF intensificará as ações de fiscalização, focadas principalmente os relacionados as condutas de ultrapassagens proibidas, à embriaguez ao volante, ao não uso do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção obrigatórios, ao uso do celular ao volante, ao transporte de carga e trânsito irregular de motocicletas e ciclomotores. A Rodovida visa conscientizar condutores, ciclistas, pedestres e passageiros a tornar o trânsito mais seguro, através da mudança de atitude, ressaltando que cada um é responsável pela segurança de todos e, por isso, deve perceber os riscos e proteger a própria vida e a dos demais ao seu redor.


Tags:
10 de dezembro de 2020
Bahia

MP-BA deflagra ‘Operação Deletrius’ para desarticular associação criminosa que retirava multas no Detran

Foto: Reprodução

Nessa quarta-feira (9), dia em que se celebra o Dia Internacional contra a Corrupção, o Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), reitera seu compromisso no enfrentamento à corrupção com a deflagração da ‘Operação Deletrius’, que visa desarticular associação criminosa especializada na remoção de multas do sistema digital do Departamento Estadual de Trânsito (Detran–Ba). O prejuízo estimado para os cofres públicos, entre janeiro de 2019 e novembro deste ano, é de cerca de R$ 2 milhões de reais. Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e requisição de documentos expedidos pela 2ª Vara Criminal Especializada de Salvador, nos bairros do Costa Azul, Caminho das Arvores, e no Stiep. O objetivo é a apreensão de documentos, equipamentos eletrônicos, celulares, computadores, apontamentos e bens de valor associados às práticas criminosas. A notícia das fraudes foi encaminhada ao MP pelo Detran, que colabora com as investigações. A associação criminosa contava com a participação de agentes públicos lotados no Detran, que participavam do esquema em troca de propina. Os investigados inseriam dados falsos no sistema digital do Detran para cancelar as infrações de trânsito, cobrando como propina um percentual de 10% do valor devido pelo particular. A operação foi realizada pelo Gaeco em parceria a Superintendência Regional na Bahia da Polícia Rodoviária Federal (PRF); Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e a Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor/LD) da Polícia Civil; e Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).


Tags:
9 de dezembro de 2020
Bahia

Vitória da Conquista: Operação investiga empresa com dívida tributária de R$4 milhões

Foto: Divulgação SSP/BA

A operação “Reforma”, deflagrada na manhã desta terça-feira (8), por equipes da Delegacia de Crimes Econômicos Contra a Administração Pública (Dececap), cumpriu quatro mandados de busca e apreensão, em uma empresa investigada por uma dívida tributária de R$ 4 milhões, em Vitória da Conquista. A ação foi realizada em conjunto com o Ministério Público (MP) e a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz).  A prática de sonegação fiscal e apropriação indébita, estão entre os crimes apurados. Os sócios da empresa já respondem por crimes fiscais praticados anteriormente. Documentos e computadores foram apreendidos durante a operação e serão analisados pelas equipes especializadas. As investigações prosseguem.


2 de dezembro de 2020
Bahia

46ª CIPM lança Operação ‘Fim de Ano em Paz’

Foto: Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (30),  a 46ª CIPM lançou a Operação ”Fim de Ano em Paz”, cujo objetivo é a intensificação do policiamento ostensivo durante o final de ano, na área comercial dos 09 municípios de responsabilidade da CIPM. A Operação “Fim de Ano em Paz” se pauta na ação do policiamento ostensivo, na prevenção e combate às ações delituosas como: furtos e roubos a pessoas e veículos, extorsões, arrombamentos e vias de fato, os quais, comprovadamente costumam acontecer nos finais de ano, quando há uma maior circulação de pessoas, de bens vendidos e comprados, de serviços  e de dinheiro na área comercial dos municípios. Entre os motivos que ensejam esse momento de maior preocupação com o policiamento na área comercial estão: a visitação de pessoas aos seus familiares no fim de ano, o recebimento do 13º salário e a euforia de pessoas durante as compras que as transformam em vulneráveis e desatentas, tornando-as possíveis vítimas desses delitos.  A partir da segunda semana de dezembro até o dia 31/12, o policiamento da 46ª CIPM será fortalecido com patrulhamento em viaturas e motocicletas, além do policiamento a pé, principalmente nos dias de maior movimento comercial e feiras livres, onde em alguns municípios acontecem as segundas-feiras e sextas-feiras, sendo a maioria aos sábados. O planejamento dessa operação trabalha em consonância aos objetivos estratégicos da Instituição, promovidos pelo Comando Geral da PMBA, na busca e manutenção da gestão de qualidade, promovendo ações que fortalecem a manutenção da segurança e ordem pública. O lançamento da Operação nesta segunda-feira contou com a presença de autoridades públicas e representantes do comércio dos municípios de Livramento, Dom Basílio, Rio de Contas e Jussiape. Na próxima quinta-feira, 03/12 será a vez de lançar a Operação *Fim de Ano em Paz*, no município de Paramirim, onde se reunirão as autoridades públicas e representantes do comércio dos demais municípios que compõem a área de responsabilidade da 46: Paramirim, Érico Cardoso, Caturama, Botuporã e Rio do Pires.


10 de novembro de 2020
Bahia

Operação na Bahia tem como alvo facção envolvida com tráfico e roubos a bancos

Foto: Alberto Maraux

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e o Comando de Policiamento Regional (CPR) Central realizam, nas primeiras horas desta segunda-feira (09), a Operação Ícaro, nos estados da Bahia e São Paulo.  Mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos contra facção envolvida com tráfico e roubos a bancos. Um total de 150 policiais civis e militares do Draco, CPR Central, COE, Rondesp Central, Polinter e 48a CIPM participam da operação. Equipes do Departamento de Polícia Técnica (DPT), do Grupo de Segurança Institucional (GSI) da Seap e do Ministério Público Estadual dão apoio. 

Banner Publicitário


Tags:
14 de outubro de 2019
Bahia

Operação flagra crimes ambientais e resgata quase 300 animais silvestres na região da Bacia do Paraguaçu

Coordenada pelo Ministério Público Estadual, por meio do Núcleo de Defesa do Rio Paraguaçu (NURP), a Operação denominada Desdobramento, foi realizada entre os dias 06 e 11 de outubro em diversos municípios da Bacia Hidrográfica do Paraguaçu.

Durante a operação as equipes estiveram nos municípios de Itaberaba, Milagres, Itatim, Iaçu, Ruy Barbosa, Itaeté, Boa Vista do Tupim, Marcionílio de Souza e Amargosa.

Durante as atividades foram resgatados 291 animais silvestres entre os quais mais de 150 jabutis e diversas aves de várias espécies, a exemplo de pássaros pretos, sabiás, coleiras, cardeais, baianos, marias-fitas, tico-ticos, e canários da terra. Muitas aves estavam acondicionadas em gaiolas sujas com fezes e sem água, demonstrando total falta de cuidado e maus tratos.

Os infratores foram identificados e responderão na Justiça Criminal pelos crimes ambientais previstos da legislação pertinente.


29 de maio de 2019
Bahia

Só na Bahia, Polícia Civil prende 63 pessoas na Operação Cronos II

Deflagrada, na manhã desta terça-feira (28), a Operação Cronos II resultou na prisão de 63 pessoas e na apreensão de três adolescentes. A ação que cumpriu mandados de homicidas e feminicidas foi realizada em 21 estados e no Distrito Federal.

Entre as prisões realizadas, 40 foram por homicídios, quatro por feminicídio e 19 por outros crimes, como tráfico de drogas e roubo. Três adolescentes foram apreendidos por infração análoga ao crime de homicídio. A operação é coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC).

Os Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Polícia Metropolitana (Depom), de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP) e a Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) estiveram envolvidos na operação.


Tags:
28 de maio de 2019
Bahia

Operação que busca por foragidos por homicídio e feminicídio cumpre mais de 200 mandados de prisão na Bahia

Foto: Divulgação

Uma megaoperação para prender foragidos da Justiça acusados de crimes graves, como homicídio e feminicídio, cumpre 222 mandados na Bahia, nesta terça-feira (28).

Até as 12h, Polícia Civil não havia divulgado quantas pessoas foram presas na Bahia. Esta é a segunda fase da Operação Cronos, coordenada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC).

Na primeira fase da operação, desencadeada em agosto do ano passado, mais de mil pessoas foram presas em todo o país e 75 adolescentes foram apreendidos. A ação contou com aproximadamente 6,6 mil policiais civis.

A operação surgiu após uma reunião do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, em julho do ano passado. Ela foi batizada com o nome do deus grego Cronos, que comanda o tempo. Segundo as autoridades, a escolha faz referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime.


25 de abril de 2019
Brumado

Polícia Civil realiza operação e prende 4 pessoas em Brumado e Livramento de Nossa Senhora

Foto: Informe Barra

Equipes da Polícia Civil (20ª COORPIN) participaram hoje da megaoperação nacional deflagrada pelas Polícias Civis de todos os Estados da Federação, bem como do Distrito Federal.

A Operação foi denominada #PC27 e teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão em todo o território nacional!

Na area da 20ª COORPIN a Polícia Civil prendeu três pessoas em Livramento de Nossa Senhora e um indivíduo em Brumado.

Todos já haviam sido condenados pela prática de delitos, tais como homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Em todo o país a Polícia Civil apreendeu e prendeu 3.381 pessoas, empregando o total de 12.718 policiais e 4.040 viaturas.

Os presos permanecerão custodiados nas carceragens das Delegacias de Livramento de Nossa Senhora e Brumado, até ulterior remoção para uma unidade prisional da SEAP.