Tag: Situação de Emergência/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04



14 de dezembro de 2019
Barra da Estiva

União reconhece situação de emergência em Barra da Estiva devido a seca

O Governo Federal publicou a portaria Nº 2976, de 11 de dezembro de 2019, reconhecendo a situação de emergência em Barra da Estiva devido a seca. O decreto autoriza a administração municipal a atuar sob coordenação, nas ações de resposta a desastres, reabilitação de cenário e reconstrução. O decreto também autoriza a convocação de voluntários para reforçar ações de resposta nas campanhas de arrecadação de recursos, junto a comunidade.


11 de dezembro de 2019
Chapada Diamantina

Prefeitura de Iramaia decreta situação de emergência por conta de incêndios nos últimos dias

A Prefeitura de Iramaia decretou situação de emergência nas áreas afetadas por incêndios em Parques, Área de Preservação Ambiental ou Áreas Permanentes. No período de 06 a 10 de Dezembro o município foi afetado por incêndios de grande proporção e que atingiu a região do Campo do Meio, Raposa, Licuri e Vendinha. Este evento adverso ocasionou a danificação e queimadas de centenas de hectares de terra agricultáveis e de pecuária. 
Segundo informação oficial divulgada nesta segunda-feira (9), o decreto emergencial foi motivado pelas dificuldades ocasionadas pelo incêndio, como o abastecimento de água e distribuição de alimentos aos moradores, proprietários e sitiantes.

 


7 de novembro de 2018
Barra da Estiva

União reconhece situação de emergência em Barra da Estiva devido à seca

Foto: Informe Barra

O município de Barra da Estiva teve um decreto de emergência reconhecido pelo governo Federal. A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (6). Segundo dados da prefeitura, a cidade tem 15 mil pessoas afetadas pela falta de chuva, ou 72% da população de 20 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE deste ano.

 Em toda a Bahia, 218 municípios estão com decretos de emergência por estiagem em vigor (215 com reconhecimento federal), com 4,6 milhões [31,3%] de habitantes prejudicados, conforme dados da Defesa Civil Estadual [Sudec]. Com o reconhecimento da situação de emergência, a prefeitura pode solicitar apoio da Defesa Civil Nacional para ações de socorro e assistência à população, como a Operação Carro-pipa do Exército, além de restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas atingidas.