Tag: sonegação fiscal/
-------- PUBLICIDADE --------
Mundo Animal Barra venc dia 04
Casa Nova banner atual



25 de setembro de 2020
Bahia

Vitória da Conquista: Quase 18 mil litros de cerveja são apreendidos por sonegação fiscal na BR 116

Foto: Divulgação PRF-BA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um caminhão de cerveja, por fraude em documento fiscal, na noite desta quarta-feira (23) em Vitória da Conquista (BA). A ação aconteceu durante fiscalização ostensiva que tem como foco o enfrentamento à criminalidade. Por volta das 18h30, policiais abordaram a carreta Volvo/FH 460, com placas de Vitória (ES). Os agentes ao verificarem a documentação da carga transportada, constataram divergências nos dados declarados, configurando crime fiscal e tributário. Ao realizar a checagem nos sistemas informatizados verificaram que a empresa destinatária dos produtos não comercializa bebidas. Foram apreendidos no total, 17.568 litros de cerveja. O motorista de 52 anos natural do Rio de Janeiro (RJ) foi apresentado a fiscalização da SEFAZ/BA em Vitória da Conquista para os devidos procedimentos legais, podendo responder pelo Crime de Sonegação Fiscal. Por causa da sonegação fiscal o Brasil deixa de arrecadar bilhões em impostos por ano. Recolher menos impostos é o mesmo que dizer: “menos saúde, menos escolas, menos hospitais, menos segurança”. A PRF disponibiliza o telefone 191 para denúncia. Faça sua parte! O anonimato é garantido.

Casa Nova – Banner


27 de novembro de 2019
Polícia

Bahia: Empresa de armas e munições é alvo de operação de combate à sonegação fiscal

Uma empresa do ramo de venda de armas e munições acusada de dever mais de R$ 50 milhões aos cofres públicos é alvo de uma operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (27), pelo Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo e a Economia Popular (Gaesf), da Secretaria da Fazenda (Sefaz), e da Polícia Civil do Estado da Bahia. Denominada “Operação Enyo”, a ação cumpre seis mandados de busca e apreensão em Salvador, expedidos pela 1ª Vara Criminal.

A empresa, que vinha sendo monitorada desde 2016 pelo trânsito de mercadorias, já havia sido autuada e notificada inúmeras vezes pela falta de recolhimento de impostos em suas operações comerciais de armas e munições. A dívida atualmente chega a R$ 50,12 milhões, valor que se refere apenas às operações registradas pelos sistemas da Sefaz e que não reflete o verdadeiro montante devido pelo contribuinte, pois as saídas de mercadorias se davam através de notas fiscais emitidas manualmente, fora do controle eletrônico da fiscalização.

Além disso, ainda pesam contra ela denúncias de comercialização sem emissão de documento fiscal, mercadoria sem comprovação de origem e interposição fictícia de pessoas (uso de “laranjas”).

 

Banner Divulgação